ANOTAÇÕES DA BÍBLIA

Sugestões para culto infantil de missóes

Sugestões para culto infantil de missóes

Móbile sobre Missões

COM QUAL DAS TRÊS MANEIRAS VOCÊ FAZ MISSÕES?

 

 

        OBJETIVO: Levar o participante a uma reflexão e após a mesma, traça

um novo plano de ação. 

 

MATERIAL:
Três copos com água.

Três comprimidos efervescentes. (aqueles com envelope tipo sonrisal)

 

DESENVOLVIMENTO:

1. Colocar três copos com água sobre a mesa.

 

2. Pegar três comprimidos efervescentes, ainda dentro da embalagem.

 

3. Pedir para prestarem atenção e colocar o primeiro comprimido com a embalagem ao lado do primeiro copo com água.

 

4. Colocar o segundo comprimido dentro do segundo copo, mas com a embalagem.

 

5. Por fim, retirar o terceiro comprimido da embalagem e colocá-lo dentro do terceiro copo com água.

 

6. Pedir que os participantes digam o que observaram a partir da reflexão sobre: Nós somos o comprimido, o copo é a obra missionária e a água é o campo.

 

7. Perguntar quem conhece pessoas que estão como os do terceiro copo? Projetar o filme sobre os missionários ou apresentar as fotos.

         

8-Cada um deverá refletir que quando contribuímos colocando o sustento dos missionários em primeiro lugar estaremos como o segundo copo ou o terceiro? Por que? Deixar livre a reflexão, mas estimular a verbalização da opinião.

DINÂMICAS PARA REFLETIR SOBRE O TRABALHO NA OBRA MISSIONÁRIA.

 

 

Esta dinâmica pode ser realizada com terceira idade, adultos, jovens, adolescentes e crianças.

 

OBJETIVO: Estimular a pessoa a refletir sobre como está sua atuação e seus sentimentos em relação a obra missionária. 

 

MATERIAL:

1/2 folha de papel sulfite A4 para cada participante.(No verso do papel haverá um quinto de um versículo escrito).

1 bola de woley ou similar para o grupo até de 30 alunos.

1 prendedor de roupa a cada participante.

Lápis de cera fino ou grosso. (Uma caixa para cada 5 alunos- pode ser quebrado)

 

 

AMBIENTE:

Uma sala onde seja possível manter os alunos em carteiras e depois fazer uma grande roda, mesmo que seja preciso fazer o papel colorido com o lápis de cera em uma sala e sair para a outra onde se fará a roda. (procurar não fazer ao ar livre onde passam pessoas).

 

Fechem a porta antes de iniciar a atividade para que a reflexão não seja interrompida e as pessoas não sejam distraídas com movimentos externos à atividade.

 

PREPARANDO O MATERIAL:

 

1º) Pegue cinco pedaços de papel e atrás de cada um escreva 1/5 das palavras que formam um versículo de maneira que ao juntar os cinco pedaços a pessoa possa ler o versículo todo e sua referência:

 

Exemplo: 1º papel: Quão formosos são, sobre os montes, 2º papel: os pés do que anuncia as boas novas, que faz ouvir a paz, 3º papel: do que anuncia o bem, que faz ouvir a salvação, 4º papel: do que diz a Sião: O teu Deus reina! 5º papel: Isaías 52:7

 

 

2º) Repita a mesma operação acima, só que utilizando versículos missionários diferentes tantas vezes quanto forem os participantes da dinâmica. Assim sendo se você tiver 30 pessoas deverá utilizar 6 versículos diferentes porque 6 versículos vezes 5 pedaços=30 meia folhas.

 

DESENVOLVIMENTO:

 

1º- Misture bem todas as meias folhas de papel que você preparou.

 

2º- Distribua um para cada pessoa participante.

 

3º- Peça que leiam o que tem escrito no verso e que se agrupem em equipes de cinco elementos de acordo com a formação dos versículos que foram escritos nos papéis. (Vale consultar a Bíblia).

 

4º- Determine que o elemento que recebeu a referência do versículo deverá ser o líder do grupo.

 

5º- Dê a cada lider uma caixa de lápis de cera.

 

6º- Pegue uma meia folha de papel e escreva seu nome na parte superior e logo abaixo do nome, faça com os lápis de cera, um desenho que simbolize como está sua pessoa em relação à obra missionária.

 

7º- Pegue seu desenho e explique a todos o significado ou seja o porque desenhou daquele jeito.

 

 

Exemplo: Desenhei o relógio porque tenho aumentado bem mais as horas que dedico á obra missionária.

Dessa maneira o instrutor deverá explicar que cada um fará um desenho que simbolize como ele está frente à Obra missinária.

 

8º- Dê um tempo para todos desenharem e depois forme uma grande roda distribuindo um pregador de roupa para cada pessoa e solicitando que cada um coloque seu desenho pregado no peito de maneira que todos possam ver o desenho e ler o nome acima.

 

9º- Pegue a bola de voley e lance-a para um da roda aliatóriamente e este que pegou a bola deverá dizer o que simboliza o desenho que fez.

Ao terminar de dizer ele deverá lançar a bola a outro colega até que todos tenham falado sobre como está em relação à obra missionária.

 

OBS. Caso o tempo esteja muito escasso ou o grupo muito grande você poderá

dividi-los em trios e solicitar que cada um dos trios fale aos outros sobre seu desenho.

Faça umas duas ou três vezes troca de trios para que eles se integrem mais.

DINÂMICA MISSIONÁRIA

1- CONSCIENTIZANDO O CONTRIBUINTE

“Deus chama pessoas para descerem até o fundo do poço; e a outras, Ele convoca para ficarem em cima segurando as cordas”. William Carey passou pelo mundo consertando sapatos - contemplando o mapa-mundi e contribuindo com a Obra Missionária. Desta maneira escreveu páginas de uma história que alcançou gente em todo mundo.

 

OBJETIVO: Dinâmica para demonstrar como ficam os missionários no campo e os outros contribuintes quando alguém desiste de contribuir.

 

Obs.: Não diga aos participantes o nome e objetivo desta dinâmica.

 

Obs.: Esta dinâmica também serve para as pessoas refletirem sobre como agem quando os outros começam a se desmotivar e largar o que faziam. Você poderá fazer reflexões sobre jovens que vivem largando cursos, propósitos, esportes só porque outros também largaram ou frente às primeiras dificuldades.

 

Com uma boa mediação o líder poderá levar os participantes, ao final da dinâmica a reformularem um propósito de persistência.

 

MATERIAL:  Uma bexiga ou balão de ar para cada participante

 

DESENVOLVIMENTO:

1_Distribua um balão para cada participante e dê a ordem de que deverão rebater as bexigas sem deixá-las cair no chão.

 

2_ a)Vá aos poucos cochichando no ouvido de um por um para sair e ficar fora da sala ou a um canto esperando o jogo acabar.

 

b)Conforme as pessoas vão saindo os que estão rebatendo deverão ir dobrando seus esforços para rebater mais bexigas de maneira a que nenhuma fique ao chão. Estimule-os dizendo: Vamos! Esforça-te! Não deixe cair! Estão caindo! Cuidado! Atenção!!!!

 

c)Chegará um momento em que a maioria estará ou fora da sala ou a um canto apenas observando e uns três ou quatro rebatendo as bexigas enquanto muitas bexigas estarão pelo chão.

 

d)Agora, aos poucos vá dando a ordem, ainda cochichando ao ouvido, que entre e recomece a rebater, recolocando uma das bexigas do chão para o ar.

 

e)Quando não houver mais bexigas no chão é o momento de PARAR E REFLETIR.

 

3_Faça uma roda e conversem. Deixe todos responderem, um de cada vez. Vá memorizando as respostas, se quiser peça para alguém resumi-las por escrito. Estimule todos a falar seja ele quem saiu ou quem permaneceu até o final.

 

__1º) O que você sentiu quando as pessoas foram saindo?

 

__2º) O que você sentiu quando mandaram você sair?

 

__3º) O que você sentiu quando viu um monte de bexigas no chão?

 

__4º) O que você sentiu quando as pessoas foram entrando novamente?

 

__5º) O que você sentiu quando as bexigas foram todas resgastadas?

 

 

4_Agora imaginem vocês que as bexigas sejam os MISSIONÁRIOS NO CAMPO e  as pessoas que rebatem sejam os contribuintes:

 

__6º) O que acontece com os missionários quando um deixa de contribuir?

 

__7º) O que acontece com os outros contribuintes quando alguns abandonam o sustento que vinham dando aos missionários?

__8º) O que acontece com a secretaria de missões quando os contribuintes vão deixando de contribuir?

 

Após explorar bem as respostas das perguntas 6-7-8 utilize as respostas das perguntas 1-2-3-4-5- para complementar a reflexão.

 

Agora faça a pergunta final:

O que você fará daqui para frente?

Jogral sobre missões - Quão Formosos são os pés

Pés Formosos

PERSONAGENS: 1º E 2º Proclamadores; 7 Comentaristas

( Os Proclamadores entram e postam – se num plano mais elevado no recinto.)

1º PROCLAMADOR – Que formosos são sobre os montes os pés do que anuncia as boas novas e que faz ouvir a paz!

2º PROCLAMADOR – Que formosos são sobre os montes os pés do que anuncia as boas novas e que faz ouvir a salvação!

1º PROCLAMADOR – Pés formosos... os pés daqueles que em atenção ao “Ide”. Saem pelos caminhos e atalhos convidando a todos para o festim da salvação!

2º PROCLAMADOR – Pés formosos... os pés daqueles que em nada consideram a vida preciosa para si próprios, contanto que completem a sua carreira e a missão que receberam do Senhor Jesus para testemunhar o Evangelho da graça de Deus!

PROCLAMADORES – (Juntos) Pés que marcaram a história e se fizeram exemplo para a geração presente!
(Entram os 7 Comentaristas e assumem lugar no centro do recinto.)

COMENTARISTAS –(Juntos, dando um passo à frente) “Eis sobre os montes os pés do que anuncia boas novas, do que anuncia a paz”!

1º COMENTARISTA – Pés formosos dos pastores de Belém que foram apressadamente ao encontro do Salvador prometido “e, vendo-o, divulgaram o que se lhes havia dito a respeito deste menino. Todos os que os ouviram se admiraram das coisas referidas pelos pastores”(Lc 2. 17,18).

2º COMENTARISTA – Pés formosos da mulher samaritana que tendo achado em Cristo a fonte de água viva, “deixou o seu cântaro, foi à cidade e disse àqueles homens:Vinde comigo, e vede um homem que me disse tudo quanto tenho feito. Saíram, pois, da cidade e vieram ter com ele” (Jô 4. 28-30).

3º COMENTARISTA – Pés formosos do ex-endemoninhado gadareno que tendo recebido do seu Libertador, Cristo Jesus, o encargo de anunciar aos seus todo o bem que recebera, “foi, e começou a proclamar em Decápolis tudo o que Jesus lhe fizera; e todos se admiravam” (Mc 5.20).

4º COMENTARISTA – Pés formosos de Maria Madalena, aquela que teve o privilégio de ser a primeira a ver e a falar com o Salvador ressureto. “E, partindo ela, foi anunciá-lo aqueles que, tendo sido companheiros de Jesus, se achavam tristes e choravam”. Disse ela : “Vi o Senhor! E contava que ele lhe dissera estas coisas” (Mc 16.10 e Jô 20 .18).

5º COMENTARISTA - Pés formosos do evangelista Filipe, que corria ao lado do carro do tesoureiro etíope,a fim de anunciar-lhe o Evangelho.Então o tesoureiro convidou Filipe a subir e a sentar-se junto a ele. E Filipe anunciou-lhe Jesus. E o tesoureiro foi seguindo o seu caminho cheio de júbilo, conforme está registrado em atos dos Apóstolos.

6º COMENTARISTA - Pés formosos dos missionários Daniel Berg e Gunnar Vingren, que não sendo desobedientes à visão celestial, chegaram ao Brasil em 19 de novembro de 1911 para partilharem aos brasileiros a experiência pentecostal. A chama do Espírito logo foi acesa, dando origem às assembléias de Deus, hoje espalhadas pelo país inteiro e além-mar, graças aos pés formosos daqueles que deram continuidade à obra pentecostal


7º COMENTARISTA – Pés formosos de milhares de missionários que atenderam a chamada divina e partiram para terras estranhas e inóspitas, para serem porta-vozes das Boas Novas,notificando aos homens e mulheres que todos em toda parte se arrependam, ainda que isso lhes custasse perseguições,torturas e até a morte.

(Os comentaristas cantam o hino 558, “Aquele que leva a Preciosa Semente”, do Hinário para o Culto Cristão, ou outro relacionado ao mesmo tema, saindo em seguida.)

1º PROCLAMADOR – Pés formosos... Pés dos atalaias da paz que saem andando e chorando enquanto semeiam, mas voltarão com júbilo, trazendo os seus “feixes” , pois “os que com lágrimas semeiam, com júbilo ceifarão”!

2º PROCLAMADOR – Pés que a cada dia vão mais longe, semeando a preciosa semente da Palavra de Deus, certos de que no tempo certo hão de aparecer os frutos do seu trabalho realizado à custa de muito suor e até sangue.

1º PROCLAMADOR – Que outros pés se disponham a sair fora do arraial levando a mensagem da cruz, não somente em linguagem de sabedoria, mas em demonstração do Espírito e de poder!

2º PROCLAMADOR – Avante, falange missionária! O mesmo Deus que vos chamou e enviou, !vos há de aperfeiçoar,firmar,fortificar e fundamentar”. É Ele quem vos diz:
PROCLAMADORES – (Juntos) “Tu, porém, segue o teu caminho até ao fim; pois descansarás, e, ao fim dos dias, te levantarás para receber a tua herança”.

Quão Formosos os pés (poesia)

Grandes, pequenos, bem feitos, rudes, agasalhados em ricos sapatos, metidos em velhas
sandálias, desnudos mesmo, seguem e prosseguem, perseguem um ideal.

Por isso são úteis, belos, insubstituíveis, na cidade, nos desertos, nas selvas.

Incansáveis, sempre alertas, humildes, bons.

Vieram do passado, subiram montanhas, desceram cavernas, abandonaram tronos e ganharam tronos, vagaram em desertos, atravessaram rios, caminharam em fornalhas, encheram-se de feridas, marcharam para o patíbulo, cobriram-se do pó das estradas de Betânia, descansaram ao pé do poço de Jacó, escalaram o monte para o grande Sermão, subiram o Calvário, se entregaram na cruz; Pés de patriarcas, profetas, sacerdotes, apóstolos, mulheres santas, Pés de Felipe, Pedro, Madalena, Judson, Carey, Brainerd, Sundar Sing: pés de servos de Jesus, pés do próprio Cristo.

Pés dos que partem levando a semente, sem se importar com pedras, espinhos, ou se e boa a terra, pés abençoados de semeador.

Que entram em prisões, hospitais, asilos, de mulheres vestidas de branco, curando o corpo,
falando de amor; da professorinha nos confins da pátria, submissão no interior da selva, levando hinos em tupi, craô. Que sobem ao púlpito da igreja pequenina de servos heróicos dominados, por um só desejo, uma só paixão: ganhar a pátria inteira para Cristo, levar a Deus cada coração.

Benditos pés formosos pés dos que anunciam a boa nova!

Pára um instante, mocidade crente, vê onde teus pés te

estão levando:

sobem a escada que conduz ao céu ou descem ao vale tão longe de Deus que já não ouves o Brasil clamando?

Clamando pelos formosos pés dos que anunciam paz e salvação, dos que transformam negra noite em luz, dos que só pregam uma mensagem – a cruz, os mensageiros santos do perdão.

Medita, escolhe, mocidade crente, atende à ordem que desce do Céu, o campo branco põe amor à prova, a seara pronta espera a boa nova:

Torna formosos os pés que Deus te deu.

a corda da missao

 

10 PERSONAGENS :Igreja1 - Igreja2 - Jovem1 - Jovem2 - Problema1 - Problema2 - Oração1 - Oração2 - JESUS - DÍZIMO

Jesus : Igreja minha, escolhi dois jovens dentro de vc, q irão pregar o meu evangelho ao mundo todo. E eis q dou a vcs esta corda, onde vcs sempre estarão segurando do lado de cá, assim eles terão segurança para irem(Chega os jovens)


Igreja 1: Senhor, sabemos q isto é um dos compromissos que temos com o seu evangelho

 

Igreja 2 : É Senhor, estaremos sempre segurando firme
Jesus : Estes são os jovens... eu voltarei para ver se vcs cumpriram a minha ordem.

 

Igreja 1 : Sim Pai

Igreja 2 (enrolando o Jovem) : Meu jovem querido, estou feliz em saber q Deus o escolheu para a sua seara e vc está cumprindo o desejo do Senhor


Igreja 1: É verdade, estarei aqui segurando a sua corda, toma a sua ponta e vai com Deus. Vou pq Deus colocou este propósito na minha vida.

 

Jovem 2 : E sei q vc estará orando por mim, me ajudando neste tempo, estou seguro.Vai meu jovem, estarei aqui sim, estaremos orando, intercedendo por vc, e Jesus é por nós... (jovem sai)


Jovem 1 : Eu vou igreja minha, fique com Deus. vai com Ele querido (jovem sai) (e adormece)


Igreja 2 se ajoelha e levantando a sua ponta diz : Senhor, sei q através de Ti conseguiremos ajudá-lo naquele país, neste momento envia seus anjos em sua caminhada.


Entra PROBLEMA 1
Problema : Igreja, igreja ! Me ajuda estou com problemas

 

Igreja1 soltando a ponta: O q houve ?Problema pega aponta e fica brincando


Problema : Ah igreja o de sempre(e ficam conversando)


Entra PROBLEMA 2 disfarçando e corta a corda.


Problema : Igreja, igreja !


Igreja 2: Venha eu sei q vc está com problemas


Entra ORAÇÃO
Oração : Igreja, eu vi o Problema entrar aqui, como sempre não pede permissão. Vamos Orar


Igreja 2: Oi Oração, vamos Orar sim


Problema2 : Eu só trago problema


Oração : Vc sempre existirá, mas qdo eu estiver presente Deus sempre será por nós...

 

Igreja 2: AmémJesus entra e amarra a corda (nesta hora coloca uma música sobre a oração)(no meio da próxima cena, o problema 2 vai saindo)


Problema1: Tchau... daqui a pouco eu volto....(E joga aponta)


Igreja 1: Ai, cadê a minha ponta ? Eu não posso perder, o Problema chegou e eu me distraí...Oração chegando : O q foi igreja ?


Igreja1 : Q bom q vc chegou, vamos orar, preciso achar a ponta da corda do nosso missionárioOração : Atchim ! Eu tô muito fraca, não consigo orar..

Igreja1: Vc tá doente é ? Eu preciso de vc...Oração: Tá, tá... vamos então orar Atchim !


Oração abrindo os olhos : Igreja ! o Problema foi embora.

DÍZIMO entraIgreja: Dízimo, q bom q vc está aqui.


Dízimo: Pois é Igreja, eu vim pra ajudar a segurar a corda da missão
Oração: Venha DÍZIMO então vamos todos orar


Igreja : COM A ORAÇÃO E O DÍZIMO ESTÁ CORDA ESTARÁ BEM SEGURA(os três segurando a corda ajoelham e oram)


Oração: Estou muito fraca, tenho q me recuperar, Igreja fique aqui q eu já volto (e vai saindo)

 

Igreja: Como é q eu vou fazer ? Preciso achar a ponta, antes q Jesus volte... O Problema me distraiu e a Oração está muito fraca, e o Dízimo nem apareceu... vou continuar procurando(e olha para o chão como se tivesse visto alguma coisa) Achei ! achei ! ai q bom...Jesus entraJesus: Igrejas, vejo q vcs estão segurando as ponta da Corda da Missão


Igreja1 : sim SenhorJesus para Igreja 2Jesus: Igreja, vejo q não estava sozinha, a sua corda estava muito bem segura...

Igreja2: Eles vieram me ajudar e me deram força para não largar a cordaJesus: Quero q agora vcs puxem a corda(começam a puxar)


Igreja 2: Nossa como ela tá mais pesada, qdo ela foi não estava tão pesada


Jovem 2: Oi amada Igreja, q saudades, tenho tantas bênçãos pra contar...(se abraçam)
Igreja 2: Então foram as bênçãos q fizeram vc ficar mais pesado?
Jovem 2: Eu creio q sim.. olhe só, eis aqui : foram 256 vidas q aceitaram Jesus, destes, muitos hoje tem o chamado para pastor e outros para missões e através destas vidas eu sei q cada uma dela poderá alcançar mais vidas. E q Deus as abençoes para q tenham uma igreja como a minha, q segura firme a corda da missão.Jesus: Igreja, vc alegrou meu coração, pois fez cumprir o meu propósito.Igreja abraça Jesus : Sim Senhor, eis me aqui, envia-me a mim...(e eles sai)Jesus vai até a Igreja 1


Jesus: Igreja minha, vejo q estais segurando a corda


Igreja1 : Sim meu Jesus, passei dificuldades para segurar mas estou segurandoJesus: Puxe a sua cordaIgreja: Como está leve...(Igreja se envergonha)Pega a carta e começa a lerJesus: O q está escrito ?Igreja: Não Senhor, o Senhor não pode saber... q vergonhaJesus: Leia Igreja, todos querem saber :Jovem fala em OFF: "Igreja, vc disse q estaria segurando a corda e eu acreditei e confiei. E pude sentir quando vc soltou, e eu perdi minha segurança, a obra de Deus só seria concluída se vc tivesse segurado firme aí do outro lado. Por causa disso 500 vidas não puderam ser salvas e nós teremos q dar conta disto. "Jesus fala para todos na Igreja: qual destes dois exemplos tem sido a nossa Igreja

http://1.bp.blogspot.com/-Iv3HvjFSCKk/Tz6muh0R1fI/AAAAAAAACNY/qZfdljeMxVk/s1600/digitalizar0001.jpg